publicidade

Pesquisar

Rodrigo Cunha: “Dantas trouxe de volta a violência para campanha em Alagoas”

“Corrupto e violento. O “tampão” Paulo Dantas mandou atear fogo ao meu comitê e trouxe de volta à campanha em Alagoas um tempo que havia ficado no passado”. Foi dessa forma, dura, que o candidato ao governo de Alagoas, Rodrigo Cunha (União), descreveu o perfil de seu adversário aos moradores das cidades de Joaquim Gomes, Novo Lino e Colônia Leopoldina, na Zona da Mata, neste domingo (23).
Com a senadora Eudócia Caldas e outras lideranças políticas dos municípios, Cunha falou da invasão ao seu comitê, em Maceió, que foi alvo de um “protesto fake”, orquestrado por Paulo Dantas.

No sábado (22), o grupo invadiu, promoveu quebra-quebra e ateou fogo ao comitê de Cunha. A Polícia Federal já identificou, por imagens de vídeo e foto, Júnior Nogueira, líder comunitário da Grota do Cigano, em Maceió, e servidor público estadual comissionado, nomeado por Dantas em junho passado, como um dos participantes dos atos de vandalismo no comitê do candidato do União Brasil.

“Como se não bastasse ter roubado dinheiro público, o dinheiro da população, ter sido afastado do cargo de “tampão”, onde não ficou mais de quatro meses por conta de corrupção, Paulo Dantas reinaugurou a política da violência na campanha em Alagoas. Mas isso não vai ficar assim, vocês vão dar a resposta nas urnas e eu vou tomar as providências como governador do estado”, destacou Cunha.

Fonte: Ascom Alagoas Merece Mais

VEJA TAMBÉM