publicidade

Pesquisar

Unidade de Acolhimento Rubens Colaço ganha nova sede e fortalece rede de proteção à infância

Equipamento da Assistência Social assiste crianças de zero a seis anos

Unidade de Acolhimento Rubens Colaço ganha nova sede e fortalece rede de proteção à infância
Nova unidade vai funcionar na Rua Dr. Alfredo Oiticica, 288  no bairro Pitanguinha. Foto: Vanessa Napoleão/Ascom Semas

Crianças de zero a seis anos assistidas na unidade de Acolhimento Rubens Colaço (antiga Casa de Adoção), equipamento da Secretaria Municipal de Assistência Social(Semas), vão ganhar uma nova casa que irá acomodá-las melhor e com mais conforto. A unidade irá funcionar na Rua Dr. Alfredo Oiticica, 288,  no bairro Pitanguinha.  A mudança para nova sede começa nesta terça-feira (22).

Atualmente, a unidade atende a 16 crianças. São meninos e meninas que sofreram violência doméstica, maus tratos e abandono e tiveram vínculos familiares rompidos. Essas crianças são encaminhadas pelo Conselho Tutelar e Juizado da Infância e Juventude.

Nova sede receberá 16 crianças de 0 a seis anos. Foto:Vanessa Napoleão/Ascom Semas
Nova sede receberá 16 crianças de 0 a seis anos. Foto:Vanessa Napoleão/Ascom Semas

Para o secretário de Assistência Social,  Carlos Jorge, essa nova sede é motivo de orgulho e vitória da equipe. “ É um passo importante na transformação do tema primeira infância. Em 2021, recebemos equipamentos precarizados, insalubres e tomamos a decisão de transformá-los, dando amparo e dignidade para nossas crianças. Estamos muito felizes, com esse legado que deixaremos na gestão do prefeito JHC”, pontuou.

Crianças também ganharam camas e colchões. Foto:Vanessa Napoleão/Ascom Semas
Crianças também ganharam camas e colchões. Foto:Vanessa Napoleão/Ascom Semas

A diretora de Proteção Social Especial, Tatiana Bóia,  falou dos passos para mudança de sede da unidade. “No início da gestão, nossa  prioridade foi modificar a realidade das unidades de acolhimento, oportunizando melhores condições aos nossos ‘filhos da prefeitura’, e além da estrutura trazer qualidade de vida em todas as áreas importantes.Tem sido um desafio enorme, mas com o esforço e planejamento de toda a equipe extremamente competente e eficiente, temos conseguido avançar. É só o começo”, disse Tatiana.

Além de uma casa nova, as crianças ganharam camas, colchões e berços novos para terem um quarto aconchegante.  A coordenadora da unidade, Ana Paula, falou dos benefícios que essa nova sede trará para as  16 crianças acolhidas

“Nossas crianças terão um espaço mais acolhedor, com toda estrutura e segurança. Está sendo tudo organizado com muito carinho pela equipe da unidade. Teremos o quarto das meninas, dos meninos e dos bebês, brinquedoteca e espaço de lazer. Ficamos muito felizes em poder oferecer uma assistência melhor para eles, assim como nossas crianças merecem”, destacou.

Bebês ganharam também um quarto novinho. Foto:Vanessa Napoleão/Ascom Semas
Bebês ganharam também um quarto novinho. Foto:Vanessa Napoleão/Ascom Semas

 Nas Unidades de Acolhimento Institucional da Semas a garotada tem uma rotina como a de qualquer criança e adolescente. Hora de fazer refeições, dormir, acordar, estudar e se divertir. Nesses equipamentos sociais há um ambiente seguro que favorece o crescimento e desenvolvimento saudável de meninos e meninas, que por algum motivo, tiveram que ser afastadas do vínculo familiar.

A unidade de Acolhimento Rubens Colaço dispõe de uma equipe multidisciplinar formada por assistentes sociais, psicólogo, pedagogo, e técnico de enfermagem que trabalham para garantir o cuidado e a assistência a essas crianças.

VEJA TAMBÉM